Inicio arrow Notícias arrow Notícias arrow TESTE: Palio 1.8 R é uma “Ferrareta” ?
TESTE: Palio 1.8 R é uma “Ferrareta” ? PDF Imprimir E-mail
Por ANDRÉ QUEIROZ   
Code
O Palio 1.8R tem carisma, esportividade, bom acabamento e consegue ser ligeiramente mais ágil que o tradicional 1.8 HLX, top de linha. Não tivemos a sorte de receber para teste o carro pintado de ‘vermelho ferrari” ou ‘amarelo berro’. Esta história de 'prata' envelhece o ‘piloto’ antigo. Velocidade máxima? E o preço?

Fotos do repórter MARCOS MORTEIRA.




Code



É impressionante como o grafismo forte - impresso nas laterais - sugestiona. Do primeiro ao último minuto do teste foi ótimo acreditar, que conduziamos um legítimo esportivo RACING.

Na primeira olhada o 1.8R remete ao Uno 1.5 R, um Fiat legítimo. Sem desqualificar o propulsor 1.8 - oriundo da GM - o desempenho sofre pelo “R”. A performance global é gostosa e não deixa de ter uma pitada de ‘pepa’ (pimenta).

O Palio 1.8R oferece mais 5 cavalinhos em relação ao HLX. A relação do diferencial encolheu um pouco. O carro anda bem quando o motor trabalha entre 2.500 rpm e 4.500 rpm. O torque satisfaz em baixa.

Code

Para dar mais emoção usamos somente álcool no motor flex 8V, gerando 115 cv e torque de 18kgm. A ‘maquineta’ fez de O a 100 km em 9 segundos cravadinhos ao nível do mar (Barra da Tijuca) numa linda manhã, rara, sem vento de ‘popa’ ou de ‘proa’. A velocidade máxima foi impossível conferir. (Não temos mais autódromo no Rio).


A Fiat revela que o carro ultrapassa os 190 km/h. O consumo está próximo do ‘oficial’: 8,4 km/l no ciclo urbano e 11,3 km/l na estrada. Usando gasolina melhora: pode atingir 12,3 km/l (cidade) e 16,5 km/l (estrada).


Para obter esses índices é preciso manter o pé bem levinho e jamais ultrapassar – nem por um km – o limite estabelecido da estrada, muito abaixo dos 120 km/h.


Code

A pista disponível está no trecho Rio-Itaipava-Rio. A subida em direção a Petrópolis testa mais a suspensão que o motor e câmbio, pelo mau estado do piso, numa rodovia com pedágio caro.

No retorno, o caminho é bem cuidado e possibilita aferir o ruído interno descendo forte, que é ideal até a fronteira das 4.500 rpm. Depois vai ficando difícil ouvir um som baixinho e conversar com a mulher amada...

Há quem faça restrições ao câmbio do Palio 1.8R. Como nunca haverá dois carros 100% iguais - mesmo nas séries de grande volume - o ‘nosso’ esteve perfeito. Curtinho, preciso, sem detalhes.

A suspensão que levou um ‘tapinha” de endurecimento ficou ‘al dente”, boa de degustar. Humor de lado, a suspensão está correta ao desempenho do conjunto motriz. Os freios precisos.



Code

No interior é bom o acabamento. Os bancos são muito confortáveis e pouco ‘racing”. No painel as luzes escarlates dão o toque ‘R”.


Code

Os cintos de segurança vermelhos enfatizam a esportividade. O volante, infelizmente, destoa do conjunto.





O Palio HLX 1.8R tem o preço sugerido de R$41.350,00. Para o modelo dotado de todos os opcionais sobe para R$ 58.628,00. Caro para quem tem grana curta. Barato para quem ganha muito bem. Um privilégio de poucos...

Conclusão: O Palio 1.8R é uma opção que vale a pena. Não é uma “alfeta”, muito menos uma “ferrareta”. Dê asas a imaginação e 'voe'.


Code


Ainda bem que não há nenhum parentesco com o preço dos ícones esportivos da Itália...

Para conhecer na íntegra toda a ficha técnica e fotos dos detalhes acesse www.fiat.com.br . Para quem não gosta de gastar muito tempo na internet, nada melhor que visitar uma concessionária Fiat.

< Anterior   Próximo >